Passo a passo da camisa impecável
Aguarde...

Passo a passo da camisa impecável

 

 

Se a gente disser que não existe segredo para passar bem uma camisa social estaria mentindo. Mas a boa notícia é que não se trata de nada de outro mundo.

 

Mesmo que você não passe suas próprias camisas – o que é bem provável –, conhecer os segredos de uma camisa que sai impecável do cabide pode ajudar até mesmo a orientar quem faz esse trabalho para você. 

 

Existem macetes, sim. Para respeitar as costuras, contornar o colarinho, não deixar nenhuma ruga... Mas também não é nada que um bom passo a passo não resolva. Vamos a ele?

 

Passo 1: Comece pelas costas – Estenda a parte da trás da camisa na tábua, com as mangas penduradas dos dois lados da extremidade que é arredondada. Passe o ferro com movimentos leves e circulares, e use o vapor se for preciso (o ideal é que a peça esteja levemente úmida, ainda mais se for de algodão). Trabalhe no sentido do centro para as costuras laterais. 

 

Passo 2: Agora as mangas – Coloque a costura que fica em contato com as axilas ao longo da tábua e virada para você. Vá alisando enquanto segura firme o tecido, esticando-o e respeitando o “caminho” que vai se formando. Cuidado com as pregas. 

 

Passo 3 – Vá para os punhos – Abra-os completamente com a face para cima (a parte do botão). Passe do canto da manga até o punho, trabalhando em direção às extremidades e aos lados do punho. Para camisas com punhos duplos, proceda da mesma forma: passe uma

 

dobra pronunciada no punho depois de tê-la passada aberta. E não passe o punho dobrado para trás, o único vinco deve ser o do finalzinho do punho. 


 

Passo 4 – Parte da frente – Deixe cada lado estendido e liso. Trabalhe ao redor dos botões, tomando cuidado na hora de passar as carcelas (as “tiras” o

nde ficam botões e casas) – alise-as dos dois lados com firmeza. Vá a partir das carcelas, em direção às costuras laterais. 

 

Passo 5 – Finalmente, o colarinho – Estamos quase lá! Abra o colarinho com a face para cima e deixe totalmente esticado. A partir da margem externa dessa região, vá com movimentos curtos – para evitar que o tecido forme rugas contra a costura no canto do colarinho. Mantenha o ferro “embicado” em direção à etiqueta da camisa. Dobre o colarinho para baixo e use os dedos para pressionar a margem superior com firmeza. 

 

Calças firmes no cabide em 3, 2, 1... 

 

Ok, não é nenhum fim de mundo. Mas se você não curte que suas calças caiam do cabide toda vez que você toca nele – vai que a peça se amarrota bem num dia de correria... –, experimente um jeito superesperto de deixar sua calça bem firme no guarda-roupa. Um macete que tem até nome: dobra Savile Row, em referência à famosa rua londrina que reúne marcas tradicionais da alfaiataria britânica.

 

 

Um – Comece com a calça de cabeça para baixo, colocando uma perna de cada lado do cabide. 

 

Dois – Dobre uma perna para dentro do cabide, escorregando a bainha até que pare um pouco acima do gancho. 

 

Três – Dobre a segunda perna sobre a primeira, passando pelo cabide. 

 

Voilà! Seus problemas acabaram!

 

Dica: se você não tiver paciência para tanta manobra, opte por cabides próprios para calças, que vêm com dois pregadores de madeira (com molas), que agarram a bainha das calças para que elas se pendurem de cabeça para baixo. O que permite que os vincos e as bordas laterais se endireitem com a própria gravidade.