Aguarde...

CLIQUE AQUI PARA
FALAR CONOSCO

Mistura Fina

Esporte e alfaiataria se encontram para dar vida nova ao terno. Solados de borracha, camisetas e jaquetas de náilon são suas novas armas de estilo. 

 

LOUIE Derby Davis

 

Dizem por aí que o terno está em baixa, que a alfaiataria morreu e que o traje formal envelheceu. É verdade, em partes. A principal diferença é que a tradicional vestimenta masculina, símbolo de elegância e status de antigamente, deixou de ser uma obrigação para virar opção. Idem para a gravata. E a nova geração de estilistas e consumidores está sacudindo regras e padrões para dar vida nova ao tema. Veja pelo lado bom: está muito mais divertido vestir-se hoje em dia do que era no tempo dos nossos avós. A julgar pelo que vimos nas mais recentes temporadas de desfiles, a influência das ruas está mais presente do que nunca nas coleções das grandes marcas. Isso significa que o universo esportivo, sempre presente no repertório do streetwear, agora faz parte da alta moda e pode revolucionar a maneira com que você enxerga peças tradicionais. 

 

LOUIE Brogue Brontis

 

Derbies com solado de borracha usados com terno pode? Pode! E blazer com camiseta? Claro que sim! Desde que respeitadas algumas noções de estética, pode muita coisa nos dias atuais. O mundo está cada vez mais casual, é fato. Muitas empresas que insistiam na exigência do terno e gravata para ambientes corporativos já admitem que seus funcionários deixem a gravata em casa e se permitam arriscar pequenas ousadias. Por outro lado, existe uma turma jovem que curte usar gravatas com produções descontraídas na intenção de destacar-se do mar de jeans e camisetas sem graça. Neste caso, os modelos de tricô e slim (mais fininhos) são os preferidos. Para entender melhor, preste atenção em desfiles internacionais como os da Ermenegildo Zegna, Neil Barrett e Lanvin, só para citar alguns. Eles são verdadeiras aulas de como misturar elementos casuais e esportivos a peças de alfaiataria bem cortada - leia nosso post sobre ternos bespoke e sob medida para acertar na escolha.  

 

LOUIE Brogue Coltrane

 

Mas atenção: esqueça calçados surrados e camisetas cheias de estampas se a ideia for atualizar sua produção formal. Peças lisas, minimalistas, são ideais. Oxfords e brogues repaginados, com solado de borracha contrastante, viraram febre nos últimos anos justamente porque são versáteis. Eles quebram a formalidade, mas mantém uma elegância clássica que se adapta a diferentes estilos. Outra boa ideia para um efeito moderno e nada careta é substituir a camisa por um tricô de decote careca, arredondado - pode ser de gola rulê em dias mais frios. Deixe os de gola V para o dia em que você estiver vestindo camisa e gravata, uma ocasião mais careta. Tecido casual e esportivo por natureza, o moletom, quem diria, também virou fashion. E é misturado com alfaiataria que ele ganha ainda mais valor. 

 

LOUIE Derby Gustaf

 

O hoodie - aquele modelo de moletom com capuz, sem zíper - é peça indispensável hoje em dia. Prefira uma peça de cor neutra, que pode ser usada com blazer ou com jeans numa boa. Outra peça esportiva que virou febre: a parca, aquela jaqueta alongada, de náilon, cheia de bolsos e utilitária. Ela vem substituindo os casacos clássicos de lã na hora de cobrir os ternos em dias de temperaturas mais baixas. E o que dizer das calças de moletom, tipo jogging, que saíram das pistas de cooper para as páginas de revista? O jeito mais bacana de usá-las é com blazer e botas tipo coturno - você pode até enfiar o punho da barra para dentro da bota, meio militar, mesmo. Por quê é legal? Porque aqui temos uma mistura de universos distintos em um mesmo look - esporte, alfaiataria e militar. E misturar universos é a maneira mais cool e eficaz de produzir estilo. Anote e lembre-se disso quando for pensar na próxima produção.

 

LOUIE Bota Astana