Aguarde...

O LIFESTYLE DE LUIZ MAZZILLI

O consultor de imagem conversou com a LOUIE sobre o que ele faz para se desligar da correria do dia a dia, de onde veio seu interesse pela moda e por que considera todo produto artesanal um luxo

 

LOUIE Bota Chelsea Ollis

 

O que a maioria dos sapatos, das camisas, dos paletós e a maleta de joias do Luiz Mazzilli têm comum? Foram todos produzidos de maneira artesanal, assim como as joias usadas por ele – essas ultimas é ele mesmo quem confecciona. “Hoje quase tudo é tão pré-fabricado, feito sob o mesmo molde, que é bacana poder voltar à época dos nossos avós, quando toda peça era única”, afirma o consultor de estilo e relações públicas. “É por isso que considero o artesanal atualmente um luxo”.

 

LOUIE Brogue Edward

 

Ele é todo elogios para a LOUIE, o que nos enche de orgulho. “Não existe nada mais cool do que ver uma marca construindo sua identidade de forma rica e cheia de referências para vários tipos de homem com gentileza e educação”, sustenta. “Essa fórmula deixa todos os marmanjos querendo algo cool, chique e clássico ao mesmo tempo”.

 

LOUIE Bota Chelsea Ollis

 

O interesse de Mazzilli pelo mundo da moda foi herdado da família – a mãe dele teve uma loja cool nos anos 1980 e a irmã dele também atua nesse universo. “O que mais aprendi com meus pais foi a ser persistente e a ter um objetivo muito bem definido”, conta ele, para em seguida dizer: “Mas também aprendi com eles a fazer ajustes sempre que necessário e a recomeçar do zero se essa for a única solução”. Outra lição até hoje seguida ao pé da letra: estar impecável em todo e qualquer lugar. “Meu pai realmente foi um dândi, estava sempre up to date em qualquer ocasião. Talvez nunca tenha passado um réveillon sem seu summer jacket”.

 

 

Para quem pergunta o que ele faz exatamente, a resposta costuma ser essa: “Faço edição de estilo e moda para pessoas físicas e marcas, que podem até lançar coleções com o meu nome. E cada vez mais promovo ações para conectar marcas, pessoas e veículos de imprensa”.

 

LOUIE Bota Chelsea Ollis

 

Sua rotina inclui duas horas quase diárias de yoga, não raro a partir das 7 horas da manhã. Essa é a principal receita dele para se desligar da correria do dia a dia. Outra estratégia, que nem sempre consegue colocar em prática, é esquecer o celular por algumas horas. “Sou uma pessoa bem eclética e com vários momentos e ciclos de vida. E sempre que me reinvento meu repertório musical sofre uma mudança”. Já a elegância, essa permanece.